No ar

Pastoral da Juventude

Sintonia Eclesial

13:00 - 13:59 com Pastoral da Juventude

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

  • Promoção 39 anos

A LEVEZA DO CORPO ENTRE ÍNDIOS E ÍNDIAS MBYA-GUARANIS

A LEVEZA DO CORPO ENTRE ÍNDIOS E ÍNDIAS MBYA-GUARANIS

Estive me lembrando nestes dias sobre um dos aspectos da minha pesquisa de mestrado entre índios e índias Mbya-Guaranis da ilha da Cotinga em Paranaguá-PR. Principalmente sobre a importância de adquirir a leveza do corpo e a importância de manter o corpo leve por muito tempo. Não, a motivação não é para ficar esteticamente em forma, mas seguir as normas do seu “jeito de ser”.


Observei que, apesar da dificuldade de manter a forma tradicional do preparo dos alimentos, de plantá-los e cultivá-los, pois têm pouca terra para plantar na aldeia, as mães ensinam às crianças a importância dos alimentos tradicionais, o que agrada à divindade maior, conhecida como Nhanderu. E em troca, Nhanderu lhes concede a leveza do corpo, a agilidade da locomoção e bons sonhos.


Um exemplo de alimentação tradicional muito amada é o milho guarani. É diferente dos demais, é de sua tradição. Perguntei o porquê há essa diferença e responderam ser um milho doce, que, na receita de bolo, por exemplo, não é preciso adicionar açúcar, como acontece com outros tipos de bolo de milho, e assim mesmo fica doce e gostoso.


Aprendi com as índias a fazer o bolo de milho guarani. No primeiro ano em que fazia a pesquisa, havia bem poucas sementes do milho na aldeia. Foi necessário conseguir mais sementes, plantar e esperar a colheita para colocar em prática a aprendizagem, ou seja, moer o milho e preparar a farinha com o ponto certo de água, e só isso. Depois, acender o fogo, deixar a lenha se tornar brasa, e então fazer os bolos, tipo bolachões, e cozinhá-los ali nas brasas.


Interessante que, mesmo com tanta simplicidade, os momentos de reunião entre as índias no preparo de algum alimento são muito mais que fazer uma receita, são as conversas, as trocas de experiências e o reviver das tradições dos antepassados, principalmente de suas mães, avós, bisavós, etc. Elas são alegres, eu também. A gente riu muito enquanto o cheirinho do bolo temperava nossas trocas de experiências.


O bolo de milho fica muito bom, é doce, com casquinha crocante, e por dentro um cheirinho muito bom na massa, que fica leve e gostosa. Mas eu amei mesmo foi estar com elas naquele momento em que reviviam algo importante para sua comunidade.

Os sonhos

E entre uma coisa e outra, perguntei o porquê aquele bolo deixa leve seus corpos e por que tal leveza lhe faz tanto bem.A resposta é que a leveza do corpo faz ter bons sonhos e, além disso, proporciona o entendimento do que sonham.


Ora, entre os membros de seu povo, é comum que muitos deles entendam os significados e ocorre também que os sonhos de uns completam os de outros. Para eles, sonhar é receber mensagens das divindades, são orientações de como devem agir no dia a dia e indica se alguém está doente e como se deve agir.


Caso alguns não entendam os significados dos sonhos, buscam o auxílio do Pajé, que é o responsável pela vida espiritual da comunidade, podendo tanto ser homem quanto mulher.

Esse tema é lindo. Leveza do corpo, sonhar e entender os sonhos, como não admirar esse seu jeito de ser?


Se você conhece o estudo de um povo que tenha alguma particularidade nesses três pontos, me escreva. Vamos conhecer mais um pouco da Diversidade Cultural.


Publicado por: Larissa Cavali Data: 18/01/2019 09:34

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 24/08/2019 10:21 por Jardel Martinazzo

Ministro provincial visita a Paróquia São Paulo Apóstolo

O ministro provincial Cesário Palma assumiu a Província dos Capuchinhos do PR-SC em 2018. E neste período em que [...]

Publicado em 24/08/2019 09:09 por Douglas Varela

CDL promove curso na área de Neuro Vendas

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis promove no período de 09 a 11 de setembro o [...]

Publicado em 24/08/2019 09:05 por Jardel Martinazzo

Prefeitura de Capinzal e CDL ajustam datas para a programação natalina

Na sexta-feira (23), o Prefeito Nilvo Dorini juntamente com a Vice-Prefeita Noemia Bonamigo Pizzamiglio e o Secretário [...]

Outras notícias

Publicado em 24/08/2019 09:12

Associação Ourense das Mulheres da Agricultura Familiar elege a nova diretoria no final do mês

A Associação Ourense das Mulheres da Agricultura Familiar agendou para o dia [...]

Publicado em 23/08/2019 08:04

MAIS UMA SEMANA TENSA!

Não irei cansar de escrever que viver neste Brasil é uma piada! O povo fez [...]

Publicado em 23/08/2019 08:02

OS LEIGOS E SUA PARTICIPAÇÃO NA IGREJA

Os leigos são cristãos que têm uma missão especial na Igreja e na [...]

Publicado em 23/08/2019 07:58

OS IDOSOS E AS REDES SOCIAIS

O uso de celulares pela população idosa tem aumentado consideravelmente nos [...]

Publicado em 22/08/2019 16:32

Claudir Duarte cobra melhor sinalização para a SC 150 em frente ao Oratório do Caravággio

A falta de segurança e o risco iminente de acidentes na SC 150, em frente ao [...]

Publicado em 22/08/2019 15:48

Câmara aprova convite para que representante de laticínio da região utilize a tribuna

A Câmara de Vereadores do município de Ouro aprovou na última segunda-feira, [...]