No ar

Paróquia São Paulo Apóstolo

Caminhando com a Comunidade

11:45 - 11:59 com Paróquia São Paulo Apóstolo

No ar - Caminhando com a Comunidade Ouça ao vivo

BRINQUEDOS, BRINCADEIRAS e PASSA TEMPOS

BRINQUEDOS,  BRINCADEIRAS e PASSA TEMPOS

7 (sete) – 70 (setenta tem o intuito de mostrar, descrever e rememorar de como se vivia ou o que e como se fazia há 70 (setenta) anos atrás e podermos comparar como nos portamos, agimos e vivemos atualmente, a evolução e mudanças com suas vantagens e desvantagens.

Neste espaço vamos descrever como se vivia e como se brincava no interior e, até nos vilarejos e pequenas cidades. A comparação com a evolução de como se vive e quais são as brincadeiras ou passa tempo de hoje, fica por conta do caro leitor.

Para não se tornar muito extenso vamos dividir em 3 capítulos: Brincadeiras e ou passa tempo de MENINOS, de MENINAS e MISTO (meninos e meninas juntos e misturados)

MENINOS

- Uma das principais brincadeiras era a bolinha de gude (bulíca), que se jogava “as ganhas” onde quem perdesse pagaria ao oponente uma “bulícas”, que podia ser ao “búlico”, um pequeno buraco na terra ou triângulo, onde as “buíicas” apostadas eram colocadas e quem as tirassem “nicando”(batendo umas nas outras) eram dele;

- Outra preferida era a bola que, quase 100%, era de borracha, pois as de couro ( bolas de capotão) eram muito raras. Os times eram formados nos recreios, na saída das aulas e nas horas vagas. Os jogos ou peladas, normalmente, não eram em campos de futebol, mas sim na rua, em lotes vazios, em potreiros que, via de regra, não eram locais tão plainos;

- Uma outra brincadeira era fazer carrinhos de madeira, rodas feitas manual, falquejadas com facão para ficarem redondas e se andava nas grandes descidas nos gramados dos potreiros, alguns eram construídos com mais tecnologia, isto é, com freio manual, mas, a maioria, o freio era colocar o pé no chão para parar.

- Também se brincava nessas descidas de gramado como escorregador, onde um ou mais sentava em cima de uma tábua ensebada e se descia morro abaixo sem controle algum, também se usava folha de coqueiro (a parte que envolvia o cacho de coquinhos) e do mesmo modo sem direção, sem eira e nem beira, era chegar onde Deus quisesse.Inevitável eram as contusões, os esfolões e arranhões, mas nada grave o único problema era enfrentar a mamãe passar IODO, que naquele tempo ardia muito.

- Outro passatempo que existia era o bodoque (chamada de Cetra), que armados com a mesma e algumas pedras se abatia os passarinhos e depois, escondido dos pais, eram depenados e limpos e alguém se encarregava de surrupiar da mãe, um punhado de sal e o trazia escondido no bolso, era uma festa fritá-los no fogo, ficava uma delícia sem igual

- A pesca do lambari tinha que ser programada e ter a autorização e supervisão dos pais, não se podia ir muito longe onde a vista dos país não pudesse alcançar. Era um grande cuidado para não correr o risco de afogamento e após a pescaria a mamãe auxiliava na fritura;

- Um delicioso passa tempo era o tradicional banho de rio, nem sempre autorizado pelas mães, mas se tinha o cuidado de só entrar na água batendo até os joelhos, a repreensão era por que não se tirava as roupas para entrar na água;

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 14/05/2018 06:45

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 24/01/2019 10:11 por Jardel Martinazzo

Moisés sanciona lei que proíbe apreensão de veículos com IPVA atrasado

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, sancionou nesta quarta-feira a lei que proíbe a apreensão de [...]

Publicado em 23/01/2019 06:35 por Jardel Martinazzo

Cadela é estuprada por detento no parque de máquinas da Prefeitura de Joaçaba

Um crime revoltante contra uma cadela, que é mantida junto com outros dois cães no parque de máquinas da prefeitura [...]

Publicado em 22/01/2019 08:17 por Jardel Martinazzo

Prefeitura de Ouro abre inscrições para processo seletivo

A Prefeitura de Ouro está com inscrições abertas para contratação temporária de servidores por meio de processo [...]

Outras notícias

Publicado em 22/01/2019 18:03

Presidente do Legislativo reúne-se com gerentes das emissoras de rádio

O novo presidente do Legislativo ourense, Aldecir Luiz Meneghini reuniu-se na [...]

Publicado em 22/01/2019 17:45

Comissões permanentes do Legislativo ourense têm novos titulares

As comissões permanentes do Poder Legislativo do município de Ouro contam com [...]

Publicado em 21/01/2019 20:12

Equipamentos apreendidos por perturbação de sossego alheio e homem é detido por desacato em Capinzal

Por volta das 2h desta segunda-feira (21) a Polícia Militar acionada para se [...]

Publicado em 21/01/2019 19:46

Dois condutores notificados por se recusarem efetuar o teste de bafômetro em Ouro

Por volta das 21h30min deste domingo (20), a Polícia Militar em rondas no [...]

Publicado em 19/01/2019 10:05

Segue a venda de fichas de assados e cucas da festa de São Paulo Apóstolo

Continua na manhã deste sábado (19) a venda de churrasco suíno (R$ 25,00) e [...]

Publicado em 18/01/2019 13:32

Bovino de aproximadamente 400 quilos morre ao ser atingido por raio no interior de Ouro

Uma vaca leiteira, pesando entre 380 e 400 quilos, morreu na noite desta [...]