No ar

Padre Reginaldo Manzotti

Experiência de Deus

10:00 - 10:59 com Padre Reginaldo Manzotti

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

Com voto minerva, vereadores derrubam veto do executivo a projeto que determina aquisição de 10% de livros para deficientes

Com voto minerva, vereadores derrubam veto do executivo a projeto que determina aquisição de 10% de livros para deficientes

Por cinco votos a quatro os vereadores de Capinzal derrubaram o veto do executivo ao projeto de lei de autoria dos vereadores Bruno Michel Fávero e Gilmar Junior da Silveira que determina a aquisição de 10% de livros em formatos acessíveis pelas bibliotecas públicas e das escolas municipais de Capinzal, para benefício de pessoas com deficiência.

Antes mesmo da votação, o vereador Alcidir Afonso Coronetti pediu a retirada das bancadas e depois de cinco minutos, foi aberta a votação, sendo que precisou do voto minerva do presidente Renato Marcelo Markus para derrubar o veto da administração.

Foram favoráveis ao veto os vereadores Alcidir Coronetti, Lucas Dorini, Valmor de Vargas e Adriano Zocolli. Contra o veto: Bruno Michel Fávero, Gilmar Junior da Silveira, Kelvis Borges e Renato Markus.

Markus destaca que os autores do projeto reconhecem que a quantidade de 10% de livros em formato acessível à população deficiente seria, nesse momento, foram da realidade do município. Então, após contato com o executivo os parlamentares concordaram em reduzir de 1% a 2%.

“O projeto será refeito, conforme o entendimento de todos os vereadores, destacou Markus.

Os vereadores aprovaram ainda o Projeto de Lei Complementar nº 6, de 2019, reinstitui o Programa de Recuperação Fiscal de Capinzal (REFISCAP).

O Projeto de Lei nº 14, 2019, altera dispositivos da Lei no 3.320, de 2019, que dispõe sobre a Política Municipal de Atendimento dos Direitos da Criança e dos Adolescentes, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, o Fundo Municipal da Infância e da Adolescência - FIA, e o Conselho Tutelar.

Conforme explanado pelos parlamentares, entre as alterações está os vencimentos dos novos conselheiros tutelares que passará para R$ 2.200,00, com carga horária de 20 horas de atividades semanais e 20 horas de plantão.

 


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 14/08/2019 09:31



Principais Notícias

Publicado em 29/02/2020 08:00 por Douglas Varela

Capinzal terá programação especial para marcar o Mês da Mulher

Capinzal terá uma programação especial para marcar o Mês da Mulher. Através da iniciativa e do recém-criado [...]

Publicado em 29/02/2020 08:00 por Douglas Varela

CDL define o calendário dos Dias C para 2020

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis realizou na terça-feira, dia 18, a reunião [...]

Publicado em 29/02/2020 08:00 por Douglas Varela

ACIRP constitui o Núcleo de Geração de Renda

A Associação Empresarial do Baixo Vale do Rio do Peixe (ACIRP) consolidou na noite de quarta-feira, dia 18, a [...]

Outras notícias

Publicado em 28/02/2020 19:11

Claudir Duarte solicita a reforma do Centro de Eventos Caravággio

O vereador Claudir Duarte apresentou indicação com três pedidos direcionados [...]

Publicado em 28/02/2020 18:30

Ganzala pede a recuperação de estradas em Linha Lovatel

Na noite desta quinta-feira, dia 27, durante sessão ordinária do Poder [...]

Publicado em 28/02/2020 18:27

Voluntárias apresentam projeto da revista que marcará os 20 anos da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Capinzal

Representantes da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Joaçaba visitaram a [...]

Publicado em 28/02/2020 18:20

Elone Masson requer informações sobre convênio do Município com o Governo do Estado para aquisição de tubos de concreto

A vereadora Elone Masson apresentou na noite desta quinta-feira, dia 27, por [...]

Publicado em 28/02/2020 07:27

AS RAÍZES DA MOTIVAÇÃO

As luminárias responsáveis por destinar luz aos dias sombrios de anônimos [...]

Publicado em 28/02/2020 07:25

SCORE DE CRÉDITO: CUIDE BEM DO SEU!

Quem costumeiramente solicita crédito ao banco, ou crediário em alguma loja, [...]