No ar

Programação indisponível
  • WHATS

FRATERNIDADE E POLÍTICAS PÚBLICAS.

FRATERNIDADE E  POLÍTICAS PÚBLICAS.

Estamos iniciando a Campanha da fraternidade de número 56. Sempre com temas variados, mas tendo como conteúdo Deus, Igreja e situações do dia a dia do povo brasileiro. Agora: Fraternidade e políticas públicas.


A participação a partir das sugestões populares, foi muito extensa. Resumida em 98 temas apresentados pelas mais diversas comunidades. Dioceses, regionais da CNBB, órgãos governamentais como escolas, ministério do trabalho, Polícia Rodoviária Federal, e muitas entidades e como sói acontecer. Igrejas também sempre presentes, especialmente aqueles que caminham em ecumenismo.


A realidade brasileira está a conclamar colaboração. É comum o sentimento de isolamento e desinteresse em nossa vida atual e que conduz a conseqüências sentidas por quase todos. Seu resultado é a situação de pobreza, violência, estresse. O noticiário e a percepção comum alimentam o desanimo encontrado nas pessoas e nas diferentes comunidades.


Como é costume, os temas das Campanhas de Fraternidade são iniciados pela participação da base popular. Seja ela por pessoas ou por entidades representativas. Nesta atual houve maior concentração dos temas, explica-se em vista da situação brasileira, com mais sérios focos da informação em destaque.


Já se tornou comum o envolvimento social e não apenas religioso nas campanhas, até porque, na percepção da realidade, andam juntos e se complementam na solução. Como sendo tempo quaresmal, aproveita-se a tendência à concentração, penitência, espiritualidade. Basta conferir o lema: “serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27).

Portanto, 98 temas num universo de milhares, senão milhões, considerando de participações tendo como início a origem das indicações.


Na seleção final três foram salientes: Fraternidade e políticas públicas; Fraternidade, políticas públicas e direitos humanos e trânsito: respeito à vida. A escolha, como já notamos, foi a mais indicada.


Políticas públicas são conjuntos de programas, ações e decisões tomadas pelos governos municipais, estaduais e federal, com participação direta ou indireta, de entidades publicas ou privadas, que visam assegurar direitos de cidadania para os cidadãos ou grupos associados.

Os grupos podem ser de segmento social, cultural, econômicos e também religiosos. São direitos assegurados pela Constituição.


Em tantos países, no conceito atual, não se quer dizer somente gestão governamental, mas presença de todo o interesse público, tanto no primeiro setor da sociedade (governo), como da iniciativa privada (segundo setor) e das demais organizações da sociedade (terceiro setor).


Todos estes dados – que podem ser conferidos nas informações da campanha, nas redes sociais e nos dados fixados na Internet, podem nos dar a tamanha dimensão da participação conclamada, e em parte presente, dos brasileiros na suas mais diversas formas de adesão. Vale, portanto dizer, que o Gigante está acordado, segundo Marlon Reis.


Participar é a palavra de ordem de nossa Igreja. A realidade nos pede caridade, serviço, participação. Ela contribui para a construção da cidadania, como nos convoca o documento 105 da CNBB, sobre leigos e leigas na Igreja e na sociedade


Publicado por: Larissa Cavali Data: 06/03/2019 09:31

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 21/03/2019 02:28 por Marlo Matielo

AD AGN Capinzal estreia com derrota na Copa Catarinense de Futsal

Seis jogos abriram a Copa Catarinense de Futsal na noite desta quarta-feira, dia 20. E a rodada foi recheada de gols. [...]

Publicado em 20/03/2019 16:35 por Douglas Varela

Prefeitura de Capinzal inicia a distribuição de sementes de aveia e azevem aos produtores de leite do município

A Administração Municipal de Capinzal, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, iniciou na manhã desta [...]

Publicado em 19/03/2019 22:01 por Jardel Martinazzo

Prefeitura de Capinzal lança mais uma chamada pública para contratação de médicos

A Prefeitura de Capinzal lançou mais uma chamada pública para contratação temporária de três médicos clínicos [...]

Outras notícias

Publicado em 20/03/2019 14:29

Meneghini reforça o pedido para a recuperação de passeios nas imediações da Ponte Irineu Bornhausen

O vereador Aldecir Meneghini sugeriu ao setor competente da Administração [...]

Publicado em 20/03/2019 13:34

Vereadores aprovam Moção de Aplauso à Ouroluz pela inauguração da nova loja

A vereadora Patricia Casagrande e os vereadores Evandro Neis e Ivanir Nardi [...]

Publicado em 20/03/2019 13:03

Prando propõe discussão do tema da Campanha da Fraternidade com representante da Paróquia São Paulo Apóstolo

A Câmara de Vereadores de Ouro aprovou por unanimidade na noite desta [...]

Publicado em 20/03/2019 09:24

AD AGN Capinzal estreia nesta quarta na Copa Catarinense

A Associação Desportiva AGN (AD AGN Capinzal) estreia nesta quarta-feira, dia [...]

Publicado em 17/03/2019 23:30

Agricultor de Ouro que sofreu acidente de trabalho continua internado em Joaçaba

Continua internado no Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de [...]

Publicado em 16/03/2019 10:56

Sulcredi Ouro realizou assembleia de prestação de contas e adequações do Estatuto

A Cooperativa de Crédito Rural de Ouro (SULCREDI Ouro) realizou na noite de [...]