No ar

Pastoral da Juventude

Jeito Jovem

13:00 - 14:15 com Pastoral da Juventude

No ar - Jeito Jovem Ouça ao vivo

  • WHATS

O NAMORO: TEMPO DE CONHECER E RECONHECER O OUTRO

O NAMORO:  TEMPO DE CONHECER E RECONHECER O OUTRO

O convite de hoje é pensar sobre o relacionamento de namoro: muitas pessoas o acham desnecessário; outras falam apenas no ficar; e outras querem mesmo a saciedade das sensações físicas e aí e acabam se esvaziando.

Quando satisfazemos apenas o físico, nosso emocional continua “carente“. Amor vai além e, é aí que entra o tempo de namoro; tempo para conhecer, não apenas o “lado feliz, lindo e amável” do outro, mas também aquelas características que nem sempre aprovamos; aquele temperamento difícil de aceitar e, muitas vezes, bem diferente da outra pessoa (e daí, vêm as divergências, a nossa falta de paciência e o fim de um relacionamento).

O tempo de namoro é um período de promessa; promessa de um amor que amadurece com o tempo e não da noite para o dia. O namoro é tempo do conhecer, do compreender-se, e perceber como se reage diante das expectativas, como é o relacionamento com as diferenças individuais e, nisso tudo, como se pode trabalhar para a superação da condição presente, agindo com respeito e tolerância e sabendo até onde se deseja conviver com o outro, estendendo este namoro para um noivado e o compromisso do casamento.

Um namoro saudável é favorecido pelo casal quando estes permitem um olhar diferente para ambos; quais são os gostos em comum, as diferenças, os pensamentos sobre assuntos divergentes, aonde se quer chegar com este namoro.

Por conseguinte, o namoro compreende um estímulo direto para o autoconhecimento; é nesse tempo que, tudo aquilo que eu acredito como verdade é colocado em “xeque” com a verdade do outro: os sentimentos, carências, dependências, crises, alegrias, decepções. Aí entra a força da superação, até mesmo, dos traumas e dores por uma história de vida mal compreendida.

Por isso, não se deve iniciar um namoro apenas porque não se deseja ficar sozinho, sem namorado (a). Os casamentos infelizes começam dessa forma, achando “depois de casar melhora” ou “o tempo faz com que se acerte tudo”.

De fato, conhecer leva tempo e viver debaixo do mesmo teto faz toda a diferença. Por isso, afirmo que é muito bom olhar para o namoro com maturidade, tendo conhecimento de si, aceitando o outro, vivendo a dois a experiência do amor que constrói, amadurece, faz e refaz em sua vida.

Portanto, um relacionamento maduro se faz no dia a dia, em que as situações positivas ou negativas surgem no relacionamento para o amadurecimento e para treinar um casal que deve decidir, futuramente, a partir dos objetivos e desejos de ambos.

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 16/06/2018 09:23

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 16/11/2018 10:21 por Jardel Martinazzo

Projeto do EMITI leva alegria à pacientes do Hospital Nossa Senhora das Dores

Na última quarta-feira (14), um grupo de alunos do Ensino Médio Integral em Empo Integral (EMITI) da Escola de [...]

Publicado em 16/11/2018 06:19 por Marlo Matielo

Decisão do governo cubano de repatriar médicos do Programa “Mais Médicos” poderá ter reflexos imediatos em Capinzal e Ouro

A decisão do governo cubano de repatriar os médicos que atuam no Programa “Mais Médicos” no Brasil poderá [...]

Publicado em 15/11/2018 19:20 por Marlo Matielo

Polícia Militar acionada para averiguar a presença de pessoas não autorizadas nos açudes da BRF

A Polícia Militar foi acionada por volta das 16h30min desta quinta-feira, dia 15, para averiguar a presença de [...]

Outras notícias

Publicado em 16/11/2018 11:23

Aplicadas as provas do Concurso Público da Prefeitura de Lacerdópolis

Foram aplicadas no último sábado (10) em Joaçaba as provas objetivas do [...]

Publicado em 16/11/2018 11:01

FOCAR NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

O nosso País terá no próximo ano novos mandatários no plano federal e [...]

Publicado em 16/11/2018 10:58

RESULTADO DAS ELEIÇÕES TRAZ NOVO ÂNIMO PARA A ECONOMIA DO PAÍS

Passados poucos dias do resultado do segundo turno para presidente, já se [...]

Publicado em 16/11/2018 10:53

O TRABALHO COMO “SUOR DO ROSTO”

“No suor do teu rosto comerás o pão, até voltares ao solo, pois dele foste [...]

Publicado em 16/11/2018 10:30

HEMORROIDAS/ TRATAMENTO

Introdução: A doença hemorroidária representa uma das mais frequentes [...]

Publicado em 16/11/2018 10:16

FREI IVO BONAMIGO, LINGUAGEM DA FELICIDADE

Talvez nem todos os tios sejam como Frei Ivo Bonamigo. Tio presente, frei [...]