No ar

Programação indisponível

Qual é a função dos jovens na Copa do Mundo?

Qual é a função  dos jovens na Copa do Mundo?

A faca de dois gumes que rege este preceito possuí um tom de amplitude que requer a análise de todas as partes para uma definição concreta e perspicaz. Aos críticos, criticandos ou criticados aqui presentes, convido-os para prostração ao ínfimo, capaz de remontar os primórdios que compõe nossa história.

Desde os jogos gregos, até mil novecentos e trinta no Uruguai e dias atuais podemos compactuar que o ser humano não é movido apenas pela matéria, bens, alimento e conquistas financeiras, mas busca dia após dia situações que causem frio na barriga e desmistifiquem os princípios desairosos que por hora, nos façam esquecer um pouco da vida conturbada. Momentos em que a razão não fale tão alto e os sentimentos fluam com rédeas mais frouxas.

E concordem; a ansiedade, unhas roídas, lágrimas, gritos ou xingamentos tecidos involuntariamente durante os pressurosos noventa minutos, o orgulho quando retumba com tom de autoridade o Ouviram do Ipiranga as margens plácidas, nos faz sentirmos em êxtase, capazes de pelo menos por alguns minutos, estufarmos o peito e vestirmos a mesma camisa.

Porque impreterivelmente, o esporte tem esta magia, contém o poder da comunhão, ver pessoas que nem se conhecem abraçadas e sonhando por um mesmo objetivo, lutando e torcendo juntas, gritando gol e pintando o rosto de verde e amarelo; é uma das ações mais lindas que posso presenciar.

Um amor involuntário que flui dentre o emaranhado de gente, tipo de amor que não vê padrões ou constrói barreiras, mas que une verdadeiramente. Em relatos históricos, diz-se até, que impérios paravam as guerras para os jogos. Atitude extremamente nobre...

Mas, e o dinheiro gasto? E a apologia ao machismo? E a política “pão e circo”?

Logicamente, é um gosto pessoal, no entanto o controle da situação habita no olhar de cada um dos espectadores. O tempo é de comunhão, não de fanatismo. O futebol masculino não resolverá os problemas do nosso país, nem extinguirá a corrupção, muito menos irá conduzir a predileção às jogadoras.

É possível assistirmos aos jogos, mas de maneira consciente. Não podemos ficar alienados com os vinte e dois homens em campo. Que tal aproveitarmos o momento do churrasco, bandeiras, amigos e seguirmos o exemplo desta união para a solução de outros aspectos também?

A paixão pelo futebol está correndo em nossas veias, compõe a cultura brasileira, ostentamos a maior quantidade de títulos, porém lhe proponho: tire uns minutinhos e observe quando as pessoas estão reunidas assistindo ao jogo. Que possamos torcer pelo Brasil do futebol com a mesma garra em que lutaremos e batalharemos pela melhoria da nossa pátria. Essa sim, não se deve aos onze homens que ganham milhões.

Convido-os a amar e celebrar nossas conquistas futebolísticas, mas primordialmente, principalmente nós como jovens, começarmos a marcar gols pelo avanço da realidade. Temos todos os recursos necessários e está na hora jogar pela verdadeira taça: a de fazer diferenças positivas no meio em que vivemos.

Ato que só é possível, se transgredirmos a faminta predileção para além dos campos.

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 14/07/2018 08:49

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 23/01/2019 06:35 por Jardel Martinazzo

Cadela é estuprada por detento no parque de máquinas da Prefeitura de Joaçaba

Um crime revoltante contra uma cadela, que é mantida junto com outros dois cães no parque de máquinas da prefeitura [...]

Publicado em 22/01/2019 08:17 por Jardel Martinazzo

Prefeitura de Ouro abre inscrições para processo seletivo

A Prefeitura de Ouro está com inscrições abertas para contratação temporária de servidores por meio de processo [...]

Publicado em 21/01/2019 19:59 por Marines Delazari Varela

Mulher é agredida e ameaçada de morte em Capinzal

A Senhora de iniciais C.B.B. por volta da 01h desta segunda (21) compareceu a Companhia da  Polícia Militar relatando [...]

Outras notícias

Publicado em 22/01/2019 18:03

Presidente do Legislativo reúne-se com gerentes das emissoras de rádio

O novo presidente do Legislativo ourense, Aldecir Luiz Meneghini reuniu-se na [...]

Publicado em 22/01/2019 17:45

Comissões permanentes do Legislativo ourense têm novos titulares

As comissões permanentes do Poder Legislativo do município de Ouro contam com [...]

Publicado em 21/01/2019 20:12

Equipamentos apreendidos por perturbação de sossego alheio e homem é detido por desacato em Capinzal

Por volta das 2h desta segunda-feira (21) a Polícia Militar acionada para se [...]

Publicado em 21/01/2019 19:46

Dois condutores notificados por se recusarem efetuar o teste de bafômetro em Ouro

Por volta das 21h30min deste domingo (20), a Polícia Militar em rondas no [...]

Publicado em 19/01/2019 10:05

Segue a venda de fichas de assados e cucas da festa de São Paulo Apóstolo

Continua na manhã deste sábado (19) a venda de churrasco suíno (R$ 25,00) e [...]

Publicado em 18/01/2019 13:32

Bovino de aproximadamente 400 quilos morre ao ser atingido por raio no interior de Ouro

Uma vaca leiteira, pesando entre 380 e 400 quilos, morreu na noite desta [...]