No ar

Marlo Matielo

Integrado BRF

11:35 - 11:44 com Marlo Matielo

No ar - Integrado BRF Ouça ao vivo

SINDICADEZAL se manifesta sobre prejuízo da BRF e o não pagamento da PLR

SINDICADEZAL se manifesta sobre prejuízo da BRF e o não pagamento da PLR

Os trabalhadores da BRF foram pegos de surpresa com o anúncio de que a empresa, dona das marcas Sadia e Perdigão, não pagará a PLR (Participação dos Lucros e Resultados) em virtude ao prejuízo líquido de R$ 372 milhões em 2016, ante um lucro líquido de R$ 2,9 bilhões em 2015. Mesmo sendo o melhor período com vendas de carnes típicas do final de ano, o resultado negativo foi provocado pelo desempenho do quarto trimestre com uma perda de R$ 460 milhões.

O presidente do Sindicadezal, Ludovino Soccol, que representa os trabalhadores da unidade de Capinzal, explicou que até então não havia se manifestado a respeito do assunto uma vez que precisava antes disso se reunir com a Federação e demais Sindicatos pertencentes à base da BRF. Durante reunião em Florianópolis na quinta-feira, dia 02, quando foi discutido sobre o piso regional, também se decidiu pela realização de um encontro em Capinzal.

A reunião aconteceu na noite desta sexta-feira, dia 03, e contou com a presença do presidente da FETIAESC - Federação dos trabalhadores nas indústrias de carnes, indústrias de alimentação e afins do estado de Santa Catarina, Miguel Padilha, o qual lamentou esta situação e informou que no dia 08 de março a Confederação Nacional e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) estarão fazendo um levantamento para saber os investimentos feitos pela empresa e os motivos pelos quais levaram estes resultados negativos.

“Não sabemos quais os investimentos feitos no mundo pela empresa que justifique isso, ou se foi usado a parte que seria do trabalhador também para investir lá fora e, de repente não sobrou. Isso que buscaremos esclarecer”, disse Padilha que também se mostra preocupado com a negociação salarial, sendo que nas primeiras negociações a empresa sinalizou que não pretende sequer repassar a inflação.

O presidente do Sindicadezal comenta que na unidade de Capinzal circulam informações inverídicas de que no acordo previa um pagamento de até R$ 450,00 mesmo com prejuízo. “Isso não procede, a partir do momento que deu prejuízo a empresa não tem como dividir, pois não houve lucro”, comentou Soccol o qual acrescentou que no acordo prevê que a partir do faturamento de R$ 820 milhões seria garantido ao trabalhador R$ 450,00 e 6% do faturamento líquido rateado para todos os trabalhadores da companhia.  

 Atualmente a unidade de Capinzal emprega mais de 4 mil trabalhadores. 

 

 


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 03/03/2017 21:58

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 23/09/2017 08:57 por Marlo Matielo

CDL começa a distribuir os cupons da Campanha FestCompras 2017

Maior campanha de vendas da região distribuirá R$ 80 mil em prêmios A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de [...]

Publicado em 23/09/2017 08:29 por Douglas Varela

ARPROMEL recepciona representantes do Núcleo dos Apicultores de Caçador

No último sábado, dia 16, o Núcleo dos Apicultores da ACIRP (ARPROMEL) recebeu a visita de representantes do Núcleo [...]

Publicado em 23/09/2017 00:43 por Douglas Varela

Fumaça em agência da Caixa Econômica Federal mobiliza Bombeiros em Capinzal

O gerente da Caixa Econômica Federal de Capinzal, Milton Arnaldo Schmidt, confirmou ao jornalismo da Rádio Capinzal [...]

Outras notícias

Publicado em 23/09/2017 08:08

BRF e MPT firmam termo de compromisso para ritmo de trabalho dos funcionários

A BRF S/A e o Ministério Público do Trabalho (MPT), firmaram termo de [...]

Publicado em 22/09/2017 09:39

Irmãs Servas de Maria Reparadoras celebram sua Madroeira

A congregação das Irmãs Servas de Maria Reparadoras muito se alegrou com a [...]

Publicado em 19/09/2017 15:23

Vereadora Elone Masson propõe projeto que institui a Campanha Setembro Verde

A Câmara de Vereadores de Ouro começou a analisar na noite desta [...]

Publicado em 19/09/2017 06:54

Meneghini cobra explicações sobre peça de trator que desapareceu da garagem da Prefeitura de Ouro

O vereador Aldecir Meneghini solicitou explicações da Prefeitura Municipal de [...]

Publicado em 16/09/2017 07:00

CDL define a programação do V Seminário do SPC

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis [...]

Publicado em 16/09/2017 07:00

ACIRP promove palestra show “O Conflito de Gerações”

A Associação Empresarial do Baixo Vale do Rio do Peixe (ACIRP), em parceria [...]