Polícia

Ocorrências atendidas pela PM de Capinzal durante a quarta-feira

  • Jardel Martinazzo
  • 13/01/2022 15:54
163523371361e0756e603de7.93752719.jpg

A Polícia Militar registrou durante a quarta-feira (12) dois acidentes de trânsito. O primeiro no final da manhã na Rua Felipe Schmidt, no centro de Ouro. O solicitante informou que o carro da empresa estava estacionado e foi atingido por outro veículo que danificou o espelho retrovisor. O motorista explicou que seguia em direção à ponte quando desviou de um veículo que vinha no sentido contrário e acabou colidindo no carro estacionado.

O segundo acidente aconteceu por volta das 16 horas na Rua Nereu Ramos, cruzamento com a Rua Ernesto Hachmann, no centro de Capinzal. A colisão envolveu uma Honda/Biz com placa de Ouro e uma Fiat/Strada. A motociclista foi conduzida pelos Bombeiros ao Hospital Nossa Senhora das Dores com escoriações. A filha que estava de carona não sofreu ferimentos.

No período da noite, por volta das 20 horas, os militares realizaram um Posto de Controle de Trânsito (PCTran) no bairro São Cristóvão com abordagem de diversos veículos. Foi flagrado um adolescente conduzindo uma Honda/CG 125 FAN, ou seja, sem habilitação. Foram aplicadas as autuações e a moto liberada para condutor habilitado.

Às 22 horas, os militares atenderam uma perturbação do sossego alheio na Praça Achilles D’Agnoluzzo. Os militares constataram aglomeração de pessoas e motos. Os presentes relataram que se reúnem todos os dias com amigos para fumar e conversar. A solicitante afirmou que é constante a baderna, conversa alta, que os envolvidos passam cortando giro das motos. Tiveram ainda outras duas denúncias sobre a perturbação.

A solicitante e seu companheiro apresentavam-se bastante estressados e muito incomodados com a situação, pois segundo eles, tornou-se insuportável, entre gritos e risadas ainda possui o barulho excessivo das motocicletas durante a noite e até a madrugada. A guarnição lavrou o termo de compromisso de comparecimento junto ao Fórum da comarca de Capinzal.

Às 23 horas, os militares se deslocaram até o Hospital Nossa Senhora das dores, onde um jovem relatou que teve um atrito com a sua esposa e ela teria lhe agredido, afirmou que a companheira tem problemas psicológicos, que já pediu a separação, mas ela não aceita.  O fato ocorreu no Acesso Cidade Alta, no bairro São Cristóvão.

Um amigo que presenciou o fato e acionou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, além de acompanhar a vítima até o hospital. O jovem de 26 anos tinha ferimento na mão, conforme os bombeiros, ele tinha desferido um soco na maquina de lavar roupas.

Diante dos fatos os policiais repassaram as orientações.

 

Enquete