No ar

Marlo Matielo

Canal Aberto

07:30 - 08:59 com Marlo Matielo

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

CERCA TROVA

CERCA TROVA

Ao contrário de Van Gogh, o qual dizia que a visão das estrelas lhe fazia sonhar, para mim, quando entro em férias e fico na casa dos meus pais parece que a “panelinha” da criatividade e dos objetivos começa a borbulhar em minha mente com uma intensidade indescritível. Isso às vezes me assusta, causa aperto no peito, ansiedade, insegurança e penso se realmente conseguirei dar conta de todos os sonhos futuros, se cursarei a faculdade ideal na universidade que quero, se meus pais sentem orgulho do que me tornei, se irei satisfazer as expectativas que as pessoas depositaram em mim ou se minhas escolhas são de fato as melhores decisões.

Às vezes, perante todas as oportunidades e cobranças existentes sinto que serei incapaz de satisfazer as exigências das pessoas que irão julgar-me ao longo do caminho. Com a independência batendo à porta e despontando um mundo fabuloso, o acrescer da idade traz consigo uma quantidade inumerável de responsabilidades. Adquire-se liberdade e é necessário saber como proceder com ela.

Porém, consegui acalmar meu coraçãozinho preocupado lendo Dan Brown, um dos meus escritores contemporâneos favoritos. Em seu livro Inferno, inspirado na Divina Comédia de Dante, o grande mistério oculto por trás da frase “busca e encontrarás”, retratada quase que de maneira imperceptível na Batalha de Alighieri permeia as mais de quatrocentas páginas do livro, fazendo referências a artistas italianos e suas obras, além de trechos bíblicos.

E então, ao pesquisar mais sobre a frase “busca e encontrarás”, repetida várias vezes ao longo da trama pelo protagonista, vi que em sua poética e rica sequência bíblica, escrita por Mateus, há o seguinte: “Pedi, e vos será concedido; buscai, e encontrareis; batei, e a porta será aberta para vós. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, se lhe abrirá. Ou qual dentre vós é o homem que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra?”

Escrevi o trecho na capa da minha agenda. E então, toda vez que penso ser incapaz, não merecer ou não conseguir algo que almejo relembro tais palavras, e tomo consciência de que se eu realmente quiser realizar objetivos, basta planejar, estabelecer metas, trabalhar todos os dias, ter fé e buscar para então encontrar.

Afinal, qual é o homem que se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra?


Publicado por: Douglas Varela Data: 11/12/2019 10:09



Principais Notícias

Publicado em 10/08/2020 11:15 por Marlo Matielo

Zortéa registra segundo óbito por COVID-19

A Administração Municipal e Secretaria de Saúde de Zortéa comunicaram com pesar na manhã desta segunda-feira, dia [...]

Publicado em 10/08/2020 10:19 por Jardel Martinazzo

CDL avalia positivamente o Dia C dos Pais; entidade irá sortear 15 vales-compras de R$ 150,00

A véspera do Dia dos Pais foi marcada por uma boa movimentação no comércio de Capinzal, Ouro e Lacerdópolis. Quem [...]

Publicado em 10/08/2020 08:06 por Douglas Varela

Primórdios da Paróquia de Rio Capinzal

Zélia Maria BonamigoJornalista e Antropólogazeliabonamigo@uol.com.br Antes de 1931, os moradores da Villa de Rio [...]

Outras notícias

Publicado em 11/08/2020 07:23

Educação de Piratuba divulga dados de pesquisa feita na rede municipal de ensino

A Secretaria de Educação da Capital Turística, divulgou nesta segunda-feira [...]

Publicado em 10/08/2020 19:14

Veículo sem freio invade calçada no Centro de Capinzal

Um carro invadiu a calçada e bateu na parede de uma loja no centro de [...]

Publicado em 10/08/2020 08:57

Campanha Cobertor Solidário encerra nesta semana em Capinzal

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) em parceria com a Rede Laço de [...]

Publicado em 10/08/2020 08:36

A COVID-19 E O NEGACIONISMO CIENTÍFICO

No Brasil vive-se, atualmente, com bastante intensidade um apego tremendo ao [...]

Publicado em 10/08/2020 08:28

UM ANO PERDIDO?

Diversas vezes, senti como um retumbar dolorido em meus ouvidos, a frase de [...]

Publicado em 10/08/2020 08:12

O BRASIL DA MENTIRA!

O covid-19 continua forte e também é fortíssima a recriminação das [...]